CA Direito

Ao chegar ao fim, o século XX deixou um rastro de contradiçõ 17519

Ao chegar ao fim, o século XX deixou um rastro de

contradições, em que conquistas extraordinárias - ainda que partilhadas

muito seletivamente - misturam-se a atos que comprovam a não-existência

de limites à deformação da natureza humana. Assim é que o totalitarismo,

seja sob a forma de nazismo, seja sob o modelo stalinista, inscreve-se

entre os grandes fenômenos históricos desse "breve", porém intenso,

século recém-findo. No fértil mundo das idéias, em um período em que

pontificam pensadores do porte de Heidegger, Gramsci, Bergson, Luckács,

Jaspers, Merleau-Ponty, Croce, Freud, Dewey, Beauvoir e Sartre, apenas

para citar alguns, ninguém penetrou mais fundamente na essência dos

regimes totalitários contemporâneos que Hannah Arendt. Fê-lo de tal

forma que, ainda hoje, quem quiser compreender o fenômeno do

totalitarismo certamente não poderá desconhecer parte considerável da

obra de Arendt.A partir do texto acima, e tendo em vista a reflexão de Hannah Arendt acerca do totalitarismo, julgue o item a seguir.Hannah aponta o anti-semitismo moderno e o imperialismo como as fontes preliminares do totalitarismo. O primeiro, fruto das tensões entre Estado e sociedade civil que se espalharam pela Europa após a Revolução Francesa, quando os judeus, vinculados ao processo de afirmação do Estado, catalisaram a reação da sociedade e passaram a ser identificados como inimigo objetivo e alvos de persistentes ataques calcados na mentira.

Questão no QuestionsOf: Ao chegar ao fim, o século XX deixou um rastro de contradiçõ 17519

Questões similares